sábado, 21 de novembro de 2009

A novela aérea

Tem coisa mais atrasada que a dinâmica de viajar de avião? Volta e meia eu vou para Belo Horizonte e tenho que escolher entre a viagem de ônibus, que dura uma média de 8 horas, e a de avião, que dura módicos 50 minutos. Até aí tudo bem. Voar, na teoria, é rápido e menos cansativo. Na teoria... porque na prática algo sai errado. Sempre! Nessa sexta eu resolvi vir pra BH de avião. As passagens estavam realmente imperdíveis e resolvi enfrentar todo o processo de um voo que saía de Guarulhos. Para pegar um voo as 18:20 eu tive que sair de casa as 14:30. Estava o maior calorão e eu teria que pegar um ônibus, um metrô e outro ônibus para chegar até lá. Tranquilo, pensei comigo, porque era feriado e a cidade deveria estar super vazia. Reparem o que é uma pessoa que ainda não conhece SP direito! E a minha sorte é tão grande que logo ao sair de casa começou a chover. Fui assim, molhando mala e roupa, mas eu xingava mesmo pensando no meu cabelo. Ninguém pode ser feliz com chuva no cabelo. Cheguei ao ponto de ônibus e percebi que TODOS os ônibus estavam lotados. Tive que encarar um deles. A chuva virou tempestade. Obviamente as janelas foram fechadas e o calor que era de quase 30 graus piorou consideravelmente. Saí me estapeando com as pessoas até conseguir descer no ponto certo, e tome mais chuva! Peguei o metrô até a estação certa e de lá, o ônibus para o aeroporto. Cheguei para fazer o check in as 17:00. Já tinha gastado duas horas e meia só na ida. Mas tudo bem, porque o embarque aconteceria as 17:30. Embarquei as 19:30. Aparentemente foi detectado um problema com a aeronave e eles precisaram fazer um "conserto de emergência". Que medo!!! O piloto se desculpou uma 5 vezes seguidas, explicou o problema do avião outras cinco, e começou a falar a quantos pés de altitude voaríamos, a velocidade do vento e outras coisas tão inúteis. Fala sério, eles acham que alguém entende isso? Mas tudo bem, cheguei a Confins as 20:40. Peguei a mala às 21:00. Entrei no ônibus para BH às 21:30. Cheguei em casa quase 11 da noite. Vamos analisar o tempo gasto do meu apartamento em SP até minha casa em BH. Mais de 8 horas. O mesmo tempo que gasto de ônibus. A diferença é que de ônibus eu durmo a viagem toda. Aí eu penso: essa dinâmica de aeroporto-atraso-voo-chegada é absurdamente irritante. Coisa primitiva, desorganizada, demorada! Ninguém merece! E cada vez que viajo eu prometo não mais passar por isso! Mas não tem jeito. Antes assim do que mofar dentro de casa...

1 comentários:

Vini disse... [Responder comentário]

Gente... Eu ri!
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Só você mesmo!

Related Posts with Thumbnails