segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Enquanto isso, na gaiola

Enquanto eu trabalho com ratinhos e camundongos de laboratório, sempre imagino o que eles podem estar pensando...

"_ Ô Zé, pode ir acordando aí.. lá vem o gigante de novo...
_ Quê? Mas meu Deus do Céu... hoje é domingo! Mas nem domingo ele dá folga?
_ Calma Zé, cê sabe que é rapidinho. Sempre é. Ele vem aqui, cutuca a gente de um lado, cutuca do outro, puxa o nosso rabo, dá uma espetadinha, coça nosso cangote, coloca a gente na balança, coisa rápida.
_ Rápida? Mas como você é conformado, hein! Pois ninguém vem aqui e me cutuca e fica por isso mesmo, não. Hoje ele me paga. Vou lascar uma dentada naquele dedão dele. Ele vai ver só...
_ Zé, Zé, olha a pressão alta. Você é diabético e não pode se dar ao luxo desses pitís, olhe lá. Se o gigante te vê assim alterado vai achar que tem algo de errado e você vai ficar doidão de morfina.
_ Morfina? Ah, mas é muita folga mesmo. E a liberdade? E o livre-arbítrio? Pois eu cansei, Tião. Cansei dessa vidinha besta de gaiola. Cansei desse ambiente de luz controlada. Cansei desse monte de vizinho pamonha, feliz de receber ração e água. Pois é hoje que eu fujo!
_ Zé... mas pra que tanto ódio no coração? Eu até gosto do gigante. Ele vem, faz o que tem que fazer, mas também faz cosquinha na nossa orelha, canta pra gente, lembra que semana passada ele falou que eu era o camundongo mais lindo do mundo? Me chama sempre de lindão!
_ Tião! Seu traidor! O gigante é o inimigo! Ele pode me chamar de Xuxuzinho todo dia que entra por um ouvido e sai pelo outro. Palavras pra iludir a gente aqui! E você caiu nessa, seu besta! Você é um jacu mesmo, toda vez que ele troca a palha da gaiola por uma nova você fica assim meio bocó, meio emotivo.
_ Não é assim também, né, Zé... ele é um gigante bom...ele até pôs algodão pra gente se esquentar no inverno. E o tubo de PVC que você tanto gostou? Que eu me lembre você passou dias brincando de esconde-esconde ali dentro.
_ Vendido, Tião... é isso que você é! Um vendido! Já se bandeou pro lado de lá! Pois hoje eu vou fugir. Vou pro mundo, que lá é o lugar certo pra um camundongo genial como eu! E ai dele se ficar no meu caminho! Ai dele se tentar me segurar, ai dele se... se... se....... aquilo ali é algodão, Tião??
_ É sim, Zé. Algodão e um daqueles labirintos pra gente correr dentro!
_ Bom, então... eu acho que posso esperar mais um dia antes de ir embora, né, Tião?
_ Claro, Zé, claro! É só ficar quietinho que o gigante já já acaba o que veio fazer e vai embora...
_ Tá.. mas você sabe que eu faço esse esforço por você... mas amanhã.... ahhh.. de amanhã não passa!"

8 comentários:

Matheus disse... [Responder comentário]

muito foda!

Sara disse... [Responder comentário]

Tadinhos dos camundongos... :(

Ana,

Que 2010 seja um Feliz pra Você!!!

Beijinho, Sara

entremares disse... [Responder comentário]

Ana Lucia...

Vê se dá uma folgazinha nos bichinnhos, tá? Pelo menos na passagem de ano...

Beijos.
Rolando

Ana Lucia disse... [Responder comentário]

hahaha! mas eu os adoro! eles que bolam planos mirabolantes pra dominar o mundo!

Vini disse... [Responder comentário]

aeuheheheheauheaeahueuhaeueahueae

Muito bom!

Anônimo disse... [Responder comentário]

Adorei!!!!!! Cuide bem deles, viu??? Bjus

Luciana disse... [Responder comentário]

Que anônimo...fui eu!

Erika M disse... [Responder comentário]

Sensacional, Lulu! Eu amo todos os 1A1V! ;)

Related Posts with Thumbnails