sexta-feira, 2 de abril de 2010

A odisséia da semana santa

Resolvi vir passar o feriado da Páscoa em BH, para recuperar um pouco as energias. Óbvio que quando fui olhar passagem de avião tava tão caro, mas tão caro que só vendendo um rim pra pagar. Fui deixando de comprar até na quarta-feira para ver se barateava, e por incrível que pareça, barateou! Mas só a passagem de volta. Comprei então a volta para o domingo de Páscoa às 11:30, saindo de Confins. Isso quer dizer que tenho que estar no aeroporto às 10:30. O que implica em pegar o ônibus para lá às 9:30. O que, por sua vez, me faz sair de casa às 9 e acordar às 8! Praticamente madrugada! E num domingo de Páscoa, ninguém merece...
Pois bem, pelo menos estava barato. E lá fui eu toda contente, no dia seguinte, avisar aos amigos que ia viajar, que tinha encontrado uma promoção de última hora, etc etc e tal. Minha amiga me fala: mas e a ida? E eu: Ida? Nossa, é verdade, preciso comprar a ida de ônibus! E ela: Já deve ter esgotado! E eu: Nãããããããooooo!
Consegui comprar a ida, por pouco, pela internet. Quase todos os ônibus já lotados. Meus amigos queriam sair na noite em que eu ia viajar. Insistiram e lá fui eu, de mala e cuia, pro boteco com eles. Depois peguei o metrô e desci na rodoviária do Tietê... para ver o maior "mar de gente" DO MUNDO. Claro, quinta-feira antes do feriado, 10 da noite, dava pra nadar de braçada em tanta gente. Fui correndo pegar minha passagem já comprada e reservada pela internet. A fila das pessoas que estavam retirando a passagem era tão gigante que deu pânico. PÂNICO! Fui perguntando a várias das dezenas de pessoas ali se o ônibus delas sairia logo. A maioria respondia "em uma hora, uma hora e meia". O meu saía em 15 minutos. O desespero foi tão grande que fui lá no guichê falar com a moça da passagem e ela disse enfaticamente "você vai perder o ônibus". Fiquei ali me sentindo a mosquinha do cocô do cavalo do bandido. Que anta que eu sou, também. Lógico que a rodoviária estaria lotada. Lógico que era pra chegar pelo menos uma hora antes. Na dúvida se chorava ou gritava, fiquei parada olhando fixamente pra minha mala. A primeira pessoa da fila teve dó e mandou eu entrar na frente dela. Fui, me sentindo envergonhada de furar fila, a pior pessoa do mundo, mas ninguém reclamou em voz alta pelo menos. 
O drama do ônibus não estava muito diferente. As plataformas de embarque estavam tão lotadas que era preciso sair no tapa para conseguir passar. Era uma confusão tão grande de onde os ônibus iriam sair que muita gente que já tinha perdido o seu estava brigando para conseguir embarcar em outro. Uma hora de atraso e saímos de lá. O motorista, puto da vida com a confusão que estava instaurada, avisou meio latindo meio querendo morder que a viagem duraria quase uma hora e meia a mais. E para quem quis saber o motivo ele ainda fez cara feia e disse que tinha uma estrada interditada desde fevereiro e que como alguém ali não sabia disso (?) que era fato conhecido de todo mundo e blá blá blá... e desceu pisando duro. 
A viagem não foi pior do que sempre é. Digo isso porque para mim, viajar de ônibus nunca é a coisa mais tranquila do mundo. Isso porque eu tenho 3 metros de perna, o que, claramente, não cabe no espaço da poltrona. Aí eu passo a noite entrevada, com cãimbras eventuais, com o corpo dolorido. E o ar condicionado? Tenho certeza que o ar condicionado é um experimento científico que fazem com as pessoas. Eles querem ver quanto frio aguenta um ser humano e descem a temperatura sem dó. Quando eu achei que estava no limite da hipotermia e não ia aguentar mais, chegamos a BH. Graças! Cheguei em casa e fui dormir mais umas boas horinhas. E pensar que depois de amanhã, nesse horário, eu já estou de volta à casa de SP! Êta vidinha mais ou menos!

OBS: Pelo menos ele estava me esperando...na maior cara de pau deitado na cama. Tirei a foto antes da minha mãe dar uma chinelada nele.

4 comentários:

Sara disse... [Responder comentário]

Uma Páscoa Feliz para Si e sua Família :)

Karen disse... [Responder comentário]

Guria! eu te disse q o tietê seria o inferno na terra na quinta-feira... verdadeira prova de resistência, hehe!
FELIZ PÁSCOA p/ ti e tua família e um cafu'né nesse gato fofo! amei as fotos! mostrei p/ o povo aqui de casa!
beijos!

Cristiane disse... [Responder comentário]

Nossa, que SORTE eu ter decidido não ir para BH no feriado.

Bia disse... [Responder comentário]

Eu viajei de avião, mas menina... Brasil que é país de "terceiro mundo" dá de dez a zero nos EUA. Viajei apenas 2 vezes de aviao, internamente. Todas foram a maior bagunça, cheio de atrasos e pessimo atendimento... E varios amigos aqui reclamam!!!

Related Posts with Thumbnails