sexta-feira, 14 de maio de 2010

Uma vida musical - João Carlos Martins


No dia das mães do ano passado eu levei meus pais, que estavam em SP de visita, à Sala São Paulo. Sobre a Sala já deixei as minhas impressões AQUI, mas vale ressaltar que eu considero esse um dos melhores passeios da cidade. Pois bem... era a primeira vez deles num concerto na Sala e a minha segunda. Sabia que a Orquestra Bachiana se apresentaria e que eles abririam a apresentação com a 5 Sinfonia de Beethoven. O regente era João Carlos Martins. Dele só sabia que era um dos grandes intérpretes atuais de Bach. O dia foi simplesmente maravilhoso! Todo mundo sabe qual é a Quinta Sinfonia, mas poucos já tiveram o supremo prazer de estar na melhor sala de concertos do Brasil e uma das melhores do mundo e escutar, assim de uma hora pra outra, música vindo de todas as partes... profunda, intoxicante, inebriante! O susto é tão grande, o poder da orquestra ali do lado, a força da música, a perfeição do conjunto, que só nos resta entregar qualquer resistência e sentir o todo, fazer parte dele. Não é à tôa que tanta gente chora silenciosamente, de olhos fechados ou abertos, durante certas apresentações! Além do repertório sensacional, o que chamou a atenção na ocasião foi a felicidade e a empolgação que o João Carlos Martins apresentava. Ele chegava a tremer ao reger a orquestra! Como estávamos perto, ouvíamos até a sua respiração entrecortada. Um dia memorável, realmente!
Hoje eu cheguei da aula de espanhol, extremamente cansada após uma semana duríssima no trabalho e, enquanto olhava meus emails, liguei no último capítulo da novela. No fim da novela, assim como em todos os capítulos apresentados, aparece um vídeo de alguém que passou por um problema e o superou. E não é que, quando eu olhei para a TV, lá estava o João Carlos Martins? Pensei: "eu conheço esse cara, é o regente da Bachiana!" E realmente era ele. Não sabia da sua história de vida. Fiquei muito impressionada e comovida. O cara estudou música desde pequeno e se tornou um pianista de sucesso. Já tocou algumas vezes no Carnegie Hall, tocou com grandes orquestras do mundo inteiro e já gravou a obra completa de Bach para piano. Um dia, em um jogo de futebol, se machucou e perdeu o movimento de um dos dedos da mão direita. Depois de muito treino e perseverança, aprendeu a compensar a falta de habilidade desse dedo com movimentos rápidos da mão. Com isso desenvolveu LER (Lesão por Esforço Repetitivo) e parou por um tempo de tocar. Como sua paixão pela música era imensa, conseguiu treinar sua mão direita e passou a tocar de uma maneira única e igualmente impressionante. Ao sair de um concerto em Sofia, na Bulgária, foi atacado por assaltantes e levou um golpe forte com uma barra de ferro na cabeça, o que ocasionou a perda de boa parte da habilidade dos dedos que ainda funcionavam bem. Por mais que se esforçasse para tocar, sentia dores muito fortes. Ainda assim persistiu. E, para agravar mais a situação, teve um tumor que inutilizou sua mão esquerda. Rresolveu, então, estudar regência, com 64 anos de idade! Hoje, João Carlos Martins consegue tocar com a ajuda de apenas alguns dedos, e resolveu criar uma orquestra para não ficar longe da música, que sempre foi sua grande motivação. Assim nasceu a Fundação Bachiana Filarmônica! Hoje é um regente dos mais famosos e capazes. Sempre emocionado, consegue levar o público ao delírio com sua paixão pela música clássica. É primoroso ver a alegria com que rege uma orquestra! Por sinal, no final do seu depoimento na novela das 8, ele ainda se apresentou como maestro frente a todo o elenco. Realmente, uma história de superação sensacional!
Maestro João Carlos Martins


Depoimento do maestro no último capítulo da novela "Viver a Vida"

Abaixo dois vídeos do maestro. O primeiro tocando "Eu sei que vou te amar", no Programa do Jô.  O segundo, a sua versão do Hino do Brasil, que foi apresentada no Carnegie Hall e aplaudida de pé pela platéia. Eu tive a sorte de ver essa essa duas músicas tocadas por ele (no piano) no mesmo dia que levei meus pais à Sala São Paulo!


1 comentários:

Gislene disse... [Responder comentário]

Oi Ana!

Este homem é um exemplo de perseverança e superação!
É um exemplo de um verdadeiro apaixonado pelo que faz!
Adoro ele!
Parabéns pela homenagem!

Beijão pra vc.

Related Posts with Thumbnails