terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Bon Appétit!

Simplesmente porque, às vezes, a vida aqui fica extremamente repetitiva e "boring" e com pouca coisa para fazer (fora a tonelada habitual de trabalho), eu resolvo escolher um filme assim, do nada, e assistir para passar o tempo. Alguns dias atrás eu peguei o filme Julie & Julia. Nem sei o porquê. Era um filme que me chamou a atenção por ter a Meryl Streep e também um pôster diferente. Adoro filmes que contam histórias paralelas, com alguma ligação entre elas. E também acho legal, de vez em quando, tentar assistir um filme sobre o qual não se sabe nada. Basicamente, o filme mostra uma mulher americana que, por falta de um projeto melhor para se apegar, resolveu fazer, em um ano, todas as 524 receitas de um livro chamado "Mastering the Art of French Cooking", da chef de cozinha Julia Child (que eu não tinha idéia de quem seria). Até aí, a idéia nem é tão boa assim para dar um filme interessante. Mas não é que deu certo? Tá.. não é assim um excelente filme, mas é bem trabalhado e conseguiu chamar a minha atenção. Por que? Vários motivos. O primeiro é que praticamente tudo é real. Existe realmente uma americana chamada Julie Powell que se propôs a cozinhar como uma louca por 365 dias. E, paralelamente, a vida da chef Julia Child é mostrada, baseada em sua biografia "My Life in France". Na verdade, a sua paixão pela culinária francesa é o foco em questão. Na vida real, a Julia Child tinha 37 anos quando se matriculou num curso de cozinha em Paris. Ela estava lá porque o marido foi transferido e não tinha absolutamente nada pra fazer. Pois ela conseguiu se tornar um fenômeno, uma grande chef com suas peculiaridades absolutamente bem retratadas pela Meryl Streep (impressionante!). Acho que gostei bastante da idéia de recomeço que o filme passa. Julia Child não só conseguiu virar uma chef, tardiamente, mas também encarou essa nova empreitada num país diferente, num momento em que ela mal sabia falar francês. Já a outra... sem comentários sobre o fato dela ter feito 524 receitas francesas em um ano... Depois de terminar o filme, fui atrás do blog da Julie Powell, e descobri que, não só ele existe, mas foi transformado em livro. Fiquei pensando: o que leva uma pessoa a entrar numa loucura culinária como essa? E o que leva uma mulher de 37 anos, absolutamente inapta na cozinha, a se transformar num sucesso mundial da culinária? Só sei que me empolguei. Fui pra cozinha, inventei moda e comecei o meu próprio projeto pessoal, muito menos ambicioso que o delas, já que eu simplesmente quero fazer mais do que as minhas 3 a 5 receitas habituais sem fazer feio na frente de possíveis visitas. E um dia, poder dizer sem medo, assim como a Julia Child: Bon Appétit!!!

4 comentários:

Bia disse... [Responder comentário]

As vezes descobrimos nossas aptidoes das formas mais inesperadas possiveis....hehe
bjsss

Rolando Palma disse... [Responder comentário]

Um filme surpreendente, diria eu.

E não resisto a deixar-te uma sugestão; um outro filme.

http://www.imdb.com/title/tt0401445/

Creio que apreciarás,

Tudo de bom para ti,
Beijos
Rolando

Ana Campanha disse... [Responder comentário]

Ahh, Bia, como isso é verdade! E é tão bom descobrir que somos bons em algo, mesmo quando a descoberta demooooraa!

E, Rolando, já vi esse filme que vc me sugeriu e gostei bastante! Na verdade, só as paisagens já valeram o ingresso do cinema!

Mikashi disse... [Responder comentário]

Boa sorte nesse seu desafio na cozinha... gostei muito deste post, divertido e animado! o que importa é fazermos coisas que nos dêem prazer :) beijinhos portugueses

Related Posts with Thumbnails