sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Miami pá-pum!

O que eu tenho a dizer de Miami são rápidas impressões, pois só fiquei por lá uns 5 dias, e como 2 dias foram puramente em congressos, não consegui aproveitar a cidade como todo turista faz. À princípio, minha idéia era escapar de Miami por uns dois dias e ir até a Disney. Quem não teve o sonho de visitar os parques de lá? Pois eu ainda não os conheço. Desisti da idéia quando percebi que ECONOMIA é a palavra da vez quando se trata de passar 3 meses fora do seu país, vivendo com um dinheiro apertadíssimo e suadíssimo. Outro motivo foi que eu saí do Brasil dois 3 dias atrasada, por causa do atraso no visto americano. Por isso tudo, resolvi aproveitar a cidade mesmo e me preparar pra Boston, que é onde passo a maior parte desses 3 meses.

 Hotel do Congresso... kkk juro que as palestras não foram na piscina!

Vista do apartamento


Miami é linda! Digo isso porque todo mundo fala de lá como se fosse um lugar só pra compras e mais nada. Isso é desvalorizar demais um lugar daqueles. Miami é uma cidade bonita, acolhedora, cheia de latinos e animadíssima. Os dois dias de Congresso foram maravilhosos. Aproveitei e fiz muitos contatos, o que me rendeu uma visita ao Diabetes Research Institute (DRI), um centro de pesquisa sobre Diabetes, bem famoso. Reencontrei pessoas de outros Congressos e troquei muitas idéias. Valeu cada segundo. Pena que não consegui chegar para os dois primeiros dias. 




E olha só como a vida é, no primeiro dia, uma moça que estava na recepção viu que eu era do Brasil (Estava escrito no meu crachá) e veio conversar e dizer que fez o PhD dela por lá. No último dia, quando eu estava indo embora mesmo, essa mesma moça me encontrou e veio me perguntar se eu já tinha conhecido a cidade. Disse que não e ela comentou que o pessoal do laboratório dela iria a um barzinho no começo da noite e, se eu quisesse, poderia ir também. Enquanto não chegava a hora ela me levou pra conhecer Miami Beach. Não é que descobri que a moça trabalhava no mesmo laboratório que eu iria visitar? Muita coincidência! Conheci todos que trabalham lá antes mesmo de ir ao local. E todos são pessoas boníssimas. A noite foi animadíssima, regada a "bebidas tropicais", comidas apimentadas e salsa/pop/rock.
Lembram de Forrest Gump??? O restaurante existe!!! *-* 

Passeio no fim de tarde, em Bayside
 
Nos dias seguintes, andei pela cidade. Saí por lá conversando com as pessoas, descobrindo como andar no transporte público estranho de Miami, falando mais espanhol do que inglês (sim, conheci várias pessoas que só falavam espanhol), visitando a Orla, descobrindo uns lugares muito divertidos. E acabei não fazendo o circuito típico de turista: shopping outlet, compras, compras e mais compras. Mas me diverti bastante. Tive tempo até de reencontrar uma amiga que não via há 8 anos!

Com direito a show!

 E comer do ladinho da praia!
 
Meu resumo de Miami? Cidade linda, empolgante, latina, quente, quente e quente. Com pessoas dispostas a ajudar, sempre que você pedir algo, com bons restaurantes, lojas e uma cara de férias!

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails