quarta-feira, 1 de agosto de 2012

@#$%&@*#$%!!!

Ando brava, principalmente neste último mês. Percebi que meu currículo não vale de nada. Não me adianta ter um mestrado e um doutorado em faculdades federais, ter um estágio em Harvard, ter sido professora de curso superior e coordenadora de curso... isso não serve pra coisa alguma, já que pra seguir carreira acadêmica é preciso ter um lote de artigos que só se consegue fazendo mais pesquisa. Mas pra conseguir uma bolsa de pós-doc boa tb é preciso já ter os dito-cujos. Pra uma bolsa comum, meu currículo até se aplica, mas uma bolsa comum é o mesmo que viver na mesma pobreza eterna. Para dar aulas, eu preciso de uma indicação fortíssima, já que aqui no Brasil, em faculdades particulares, valoriza-se muito mais o "quem indica" do que o "quem merece".
Portanto, o meu tão "refinado" currículo só serve pra encher 5 páginas e ser ignorado em algum banco de dados. Já cansei de enviá-lo para empresas, faculdades, institutos. Não adianta. Ou ele é realmente ruim ou algo está errado nessa conta. Todo mundo me diz pra fazer pós-doc fora do Brasil. Mas ir só porque não consegui nada por aqui, é dureza, hein!
E, por fim, nos lugares onde sou "empregável" existe uma certa "hierarquia" que permite que as pessoas me deixem na espera de uma resposta por semanas, se bobear, meses, simplesmente porque eles podem fazer isso e o problema não dói no calo deles.

Imagem: NET

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails