domingo, 9 de dezembro de 2012

Calor...

 Mais um ano que passou e cá estou eu, novamente reclamando do calor. Não é possível... não é humanamente possível que as pessoas realmente adorem o calor. Fico indignada com isso... porque no calor insuportável acima dos 30 graus Celsius, que é o que está fazendo todo santo dia, eu não tenho forças nem pra continuar vivendo. Na tentativa de suportar melhor o dia, eu me estatelo na cama, com um ventilador na minha cara, mais esparrachada que uma lesma, mais suada que porco assando no forno (só me falta mesmo a maçã na boca), mais sem futuro do que fita cassete... sei la... isso não é coisa de gente. E o pior, o ventilador adianta pouco porque ele acaba jogando o ar quente pra cima de mim...

Já enfrentei locais muito frios. Mas aguentar o frio bravo é uma questão de roupa certa. Frio é algo que dá totalmente pra jogar "uma conversinha" e "levar no bico".. mas calor... calor é coisa de pagação de pecados, só pode. Eu não consigo render quando faz mais do que 30 graus. Não consigo pensar direito. No momento ando corrigindo provas e trabalhos dos meus alunos, mas só consigo botar a mão na massa depois das 6 da noite. Antes disso, é brincar de ovo frito...

Tenho medo do meu cérebro acabar sendo afetado. Às vezes tenho ânsia de mudar para um canto bem frio do globo, só pra eu reclamar bastante da temperatura super baixa. Mas o pior de tudo é que, ou a pessoa vai ficando velha e passa a reclamar de tudo e reparar em coisas que a irritam e que antes não percebia, ou cada ano está ficando absurdamente quente mais cedo. Da última vez que eu reclamei assim de calor, acho que foi em Janeiro ! Dessa vez o calor começou bravo em Outubro...

Figura: NET

1 comentários:

Bia disse... [Responder comentário]

Concordo plenamente! que gosta desse calor é doido....nem ficar na praia não dá mais!

Related Posts with Thumbnails