quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Sobre pintas e verrugas e deixar de ter 20 e poucos anos

 Figura: NET

Na vida existe um curto período, alguns anos, com sorte uma boa década, quando já se atingiu a vida adulta e os dissabores da idade ainda não apareceram. Acho que por isso ter 20 "e algo" é tão empolgante. É quando a gente já virou adulto, ainda está com tudo nos lugares, tem disposição pra virar a noite na balada e acordar cedo pro trabalho, acha uma viagem estilo "mochilão" a melhor coisa do mundo, come o que quiser e continua com o corpo igual, e por aí vai. Mais especificamente, nesta fase certos aspectos do nosso corpo ainda não "enlouqueceram".

Quando eu era pequena, meu sonho era ter pintas pelo corpo. Lembro que achava as pintas dos outros a coisa mais linda e eu, sem nenhuma. fui crescendo e o meu desejo foi concedido... em dobro... em triplo... "ad infinitum". Adorava descobrir uma nova na barriga, na perna, no queixo. Mas elas, com o passar do tempo, foram ficando velhas, gordinhas e grandes. A linda pintinha na barriga virou uma bolinha gordinha. Minhas costas parecem uma parede de escalada. Minha dermatologista diz que não preciso me preocupar, que minhas pintas são normalíssimas e que nenhuma delas é preocupante ou diferente das que outras pessoas apresentam. Pois é... meu amor por elas se foi. Encaro hoje em dia como se fossem piercings. Quando a pessoa coloca um piercing, ela chama atenção para aquela determinada região. Se a pessoa tiver uma pança considerável, dificilmente colocará um piercing no umbigo. No caso das pintas, onde ela surge não é exatamente uma escolha.

Recentemente, fui à dermatologista e aproveitei para pedir algo para tratar uma espinha pequenina que estava já há um tempo no meu nariz. Não estava inflamada, não estava vermelha, não doía, não era gigante, nada disso. Na verdade mal chama a atenção, eu só percebia porque, com a mão, sentia uma bolinha bem pequena, da mesma cor da pele. Minha médica me diz: "Mas isso é uma verruga!". Como assim verruga? Gente, verruga no nariz é coisa de bruxa de conto da carochinha. Já não basta ter saído dos 20, ter pintas "tatu-bolinha", ter estria, celulite e um tiquinho de varizes, ser pobre e morar longe, eu ainda preciso de uma VERRUGA NO NARIZ? É o fim mesmo...

4 comentários:

Guilherme Pereira disse... [Responder comentário]

haha.. mas logo vc sentira saudade desta que vc é hj... bj

Bia disse... [Responder comentário]

Falou e disse Gui! ainda mais por logo ela vai ter saudades de ter apenas 1 veruga!!! hahahaha

Bia disse... [Responder comentário]

Isso me lembrou uma história... quando eu era pequena minha prima sempre tinha furunculos! Eu tinha pavor, nojo disso! E ela disse que todo mundo ia ter 12 furunculos até ficar adulto! kkkk Eu acreditei e fiquei esperando muitos anos, mas, ainda bem, nenhum apareceu!!! beijos

Ana Campanha disse... [Responder comentário]

hahaha! Poxa, eu já tive furúnculo e tinha pavor de ter outra vez! Se me dissessem isso de 12, eu acho que teria um ataque!!

Related Posts with Thumbnails