domingo, 14 de dezembro de 2014

Abraçando a nerdice: Comic Con Experience 2014 - CCXP2014

Pois é, eu fui na Comic Con!

Não aquela famosíssima que acontece anualmente em San Diego, mas na primeira edição da Comic Con Experience, aqui mesmo em São Paulo. Desde que o evento foi anunciado eu já fiquei bem empolgada. Tá certo que eu não sou nem tão fã assim de Marvel e DC, na verdade eu até tenho uma certa birra do Batman, e também não vou muito com a cara de mangás e animes, mas em geral eu adoro esse universo nerd/geek em que as pessoas apaixonadamente se entregam a uma franquia ou personagem. Por tantos motivos (inclusive pq eu não me perdoaria se não fosse) eu acabei comprando o ingresso no segundo lote e fui! \o/

Já estou bem acostumada de ser taxada de nerd. Minha resposta oficial é: sou mesmo, pena que não sou tão nerd quanto gostaria! =/
O engraçado é que quem escuta isso acaba achando estranho, já que a palavra não era pra ter uma conotação assim positiva... mas como eu não dou a mínima pra este tipo de opinião, continuo respondendo sempre a mesma coisa.

Desde pequena sou viciada em Star Trek por culpa do meu pai, que via e revia os episódios sempre! Cresci me imaginando naquele mundo, assim como Star Wars (outra paixão do meu pai). Adoro as duas franquias e já cansei de ver episódios e filmes, mas, só para polemizar: "Star Trek consegue ser ainda mais legal que Star Wars" (mandem as pedras!).

Outra paixão que veio da adolescência e só aumentou é o amor por livros de ficção científica, especialmente os que foram escritos por Arthur C. Clarke (ex: Encontro com Rama, 2001 Uma Odisseia no Espaço, As Canções da Terra Distante), Isaac Asimov (Trilogia Fundação, livros da série dos Robôs, infinitos contos maravilhosos) e Carl Sagan (O Mundo Assombrado pelos Demônios, Contato...). Daí eu passei a ver a série Cosmos, que hoje foi refeita com o incrível astrofísico Neil deGrasse Tyson. Simplesmente a melhor série que existe!

E junto com o gosto por ficção científica veio o gosto por fantasia. Só na faculdade fui descobrir "O Senhor dos Anéis", que um amigo de turma me emprestou. Passei semanas sem conseguir me livrar da Terra Média. Acho que até hoje eu não me livrei totalmente (e nem quero, ontem mesmo fui assistir o terceiro filme da franquia "O Hobbit") mas esse mergulho na fantasia abriu minha cabeça pra tantas outras obras incríveis (Nárnia, Duna, O Guia do Mochileiro das Galáxias, etc) e tanta gente que também é viciada nesse mundo.

Pra pular de filmes e livros para jogos foi só uma questão de tempo. Hoje, além de jogar o jogo oficial do Senhor dos Anéis (LOTRO), tenho cerca de 300 jogos de computador. Nunca instalei nem 1/4 disto, nas eles estão lá pra quando eu estiver a fim de uma nova aventura.

Acho que esses universos "de bolso", todas as obras que eu me permito viver, fazem de mim uma pessoa mais criativa e empolgada. São minha válvula de escape do dia a dia, que por si só já é tão repetitivo e puxado. Consegui carregar minha mãe pra esse mundo e ela também tem visto séries e lido livros que eu recomendei (e já se viciou em vários!). Comecei indicando LOST, depois Supernatural, The Walking Dead e agora Doctor Who! Ahh.... Doctor Who.... admito que é minha mais nova obsessão! Mas como resistir ao apelo da Tardis? Uma nave que te leva pra QUALQUER LUGAR do espaço-tempo?? Incrível! Ainda bem que o Doutor não estava na Comic Con (mas a Tardis estava!), com certeza eu entraria em parafuso!

E, voltando pra Comic Con Experience 2014, apesar de eu ter passado somente um dia e ter enfrentado filas infinitas (cerca de 4 horas) e não ter conseguido entrar em quase nenhum painel que eu queria, a feira valeu muito a pena pela quantidade de informação sobre os diferentes mundinhos geeks! De Mad Max a Friends, de Vingadores a Scooby Doo, de Star Wars a Doctor Who, etc etc etc, eles estavam lá! E foi muito emocionante saber que tem tanta gente com o mesmo gosto que o meu por aí. As fotos contam um pouco desse momento! =)

 





Leia Mais…
Related Posts with Thumbnails